O Que Seu Médico Não Sabe Sobre Medicina Nutriconal Pode Estar Matando Você (3)

Este capítulo tem um título interessante: Minha Conversão. Vamos ao que escolhi para você.

---------------------------------------------------------------------------

“Estabeleci um ... consultório ... em uma cidadezinha da Dakota do Sul... conheci Liz e nos casamos. Ela tinha alguns problemas de saúde, mas supunha honestamente que sua saúde melhoraria caso se casasse com um médico. Nunca esteve mais enganada!

Conforme os anos se passaram ela desenvolveu mais sintomas e problemas de saúde que requeriam medicações diversas. Ela sofria dores corporais contínuas, uma fadiga avassaladora, alergias horríveis e infecções recorrentes dos pulmões e seios da face. Após testes e avaliações, os médicos diagnosticaram o problema de Liz... fibromialgia.

Em anos passados a fibromialgia foi chamada de reumatismo psicossomático, e os médicos acreditavam que a doença existia apenas na cabeça do paciente... aprendemos que a fibromialgia é uma doença real e lastimável – algo que posso confirmar após ter visto o sofrimento de minha esposa.

Como fibromialgia não tem cura, tudo o que pude fazer... foi carregá-la de medicamentos... amitriptilina à noite para dormir, antiinflamatórios para a dor, relaxantes musculares, inaladores para a asma e febre do feno, seldane para alergias e até mesmo injeções antialérgicas. Apesar de todos os meus esforços e essa medicação, sua saúde piorava ano após ano.

Eu já não sabia quanto de frustração ainda seria capaz de tolerar com a saúde declinante de minha esposa. E eu não era apenas um marido preocupado, era um médico... estava acostumado a ter respostas para questões médicas.


Meus comentários -----------------------------------------------------------------------------------------

Imagine-se, então, um simples mortal diante da ignorância médica que vem vestida de uma sapiência digna de deuses do Olimpo. Em especial quando esse mortal não tem uma avaliação crítica bem desenvolvida e não leva em conta que muito do ensinado nas Faculdades não são os conhecimentos mais atuais, que tal médico pode ter passado com notas mínimas, colado ou pago para que outros lhes fizessem o dever. Poucos têm a coragem do Dr. Ray de se declararem ignorantes. Ele mesmo relata essa postura comum de encobrir ignorância chamando os demais mortais de ignorantes.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em março ela contraiu uma grave pneumonia... um especialista em doenças infecciosas submeteu Liz a antibióticos intravenosos, esteróides e tratamento com nebulizador... Visitei diversas vezes o pneumologista e o especialista em doenças infecciosas. Eles me asseguraram que vinham fazendo todo o possível... Quando perguntei quanto tempo levaria para que ela se recuperasse, a resposta foi de seis ou nove meses – ou talvez nunca.

Mais ou menos por essa época, uma amiga da família comentou com Liz que seu marido tivera pneumonia e sofrera uma grande fadiga... Ele tomou certos suplementos nutricionais, e estes o ajudaram a recuperar as forças... Liz tinha ciência que precisava de minha aprovação antes de experimentá-los. Quando me abordou, até eu fiquei surpreso com minha resposta: “Querida, pode tentar o que quiser. Nós, médicos, não estamos lhe fazendo nenhum bem”.

... meus pacientes... levavam seus frascos de suplementos... e me faziam examiná-los. EU FRANZIA O SENHO E, COM MINHA EXPRESSÃO PROFISSIONAL MAIS ASTUTA,.. respondia que aquela droga não servia para nada.
(maiúsculas por minha conta) Mas o que fazer com minha esposa doente? Eu podia bancar o mágico profissional no consultório, mas, em casa, era apenas outro marido desamparado, vendo a esposa fenecer. Eu realmente não tinha escolha e por isso disse a Liz: “Vá em frente, experimente as vitaminas. O que você tem a perder?”

Leia Mais (no Vida Leve)

Hospedagem