Obesidade (1)

O mundo está ficando obeso! O alarme corre os quatro cantos do mundo. Será que isso vai adiantar alguma coisa? Para algumas pessoas talvez, para a maioria não.

Vários fatores estão envolvidos. O pior deles, o aspecto psicológico. Comportamento, temática da psicologia, é a questão.

Cada organismo responde de uma maneira, mas a Medicina, a Nutrição e a Educação Física têm indicações sobre como agir em acordo com as diversas diferenças metabólicas.

A psicologia pode ajudar na questão comportamento, mas tanto ela como todas as outras ações profissionais é totalmente dependente do obeso para que ele leve adiante as recomendações para uma nova vida.

O que fazer com alguém que diz:

1) “Sou obeso, e daí?”

2) “Sou obeso, mas sou feliz.”

3) “Eu gostaria tanto de emagrecer, mas não consigo.” (e rambém não segue as recomendações dos profissionais)

4) “Não posso ficar sem meu único prazer na vida!”

5) “Não quero nem saber.”

Dizer que a pessoa viverá menos, que sofrerá por conta de sua obesidade, que mente, que existem muitos prazeres no mundo a serem experimentados pouco adianta. Pouco sim, mas se cada um de mil ouvir e mudar seu comportamento para que leve uma vida realmente feliz, com mais qualidade, já é uma vitória. Assim as pessoas que pensam em melhorar a vida dos outros, insistem. Alguns cansam de se repetir, outras não. É mais ou menos o que fazemos aqui no site...

Leia Mais (no Vida Leve)

Hospedagem