As Diferentes Formas de Aprender

O jornalista Leonardo Lima publicou no jornal A VOZ DA SERRA a matéria abaixo que fala de nossa colaboradora, Maraliz Leitão.

Desde 2006 a professora Maraliz Cabral Leitão vem desenvolvendo na cidade um método diferenciado de aprendizagem, intitulado Estudos Exploratórios. Num espaço transformado em sala de aula, oferece aulas de dominância cerebral, inglês diferenciado, como falar bem em público e estratégias de memorização. “Em minha trajetória como professora sempre observei que alguns alunos entendem melhor quando explicamos de um jeito, e outros têm mais facilidade quando explicamos de outra forma”, conta Maraliz, que ao cursar pós-graduação em língua inglesa confirmou que cada indivíduo aprende de acordo com o lado dominante do cérebro. A partir daí, seu interesse pelo assunto se intensificou. “Fiz minha monografia sobre as diferentes formas de aprender. Um tempo depois pesquisei um texto feito por neurologistas e descobri que havia um teste que identificava o lado dominante. Eu sistematizei esse teste com dez perguntas”, explica a professora.

Mais tarde Maraliz foi convidada pela Universidade Estácio de Sá para ministrar cursos de estratégias de memorização e como falar bem em público. “Os cursos foram um sucesso e as pessoas sempre me procuravam pedindo para ter mais aulas. Foi aí que tive a ideia de abrir esse espaço, há cinco anos, e dar continuidade a esse projeto. Na época, meus pais, Luiz e Marilene, queriam comprar um imóvel e me deram esse espaço de presente”, relembra Maraliz.

Segundo ela, o curso de dominância cerebral — composto por 16 aulas com uma hora de duração cada — potencializa o cérebro a adquirir novos conhecimentos de maneira mais eficaz. “É como colocar o óleo certo no motor do carro”, compara. “Quem possui o lado direito dominante costuma ter maior facilidade de aprendizado através de imagens, em um enfoque espacial, como um todo. Já quem tem o lado esquerdo dominante aprende melhor em um enfoque específico, por partes”, explica.

E é justamente em cima desse conhecimento que Maraliz ministra as aulas dos demais cursos, observando a característica de cada aluno. “No inglês diferenciado, os participantes definem qual o principal objetivo, se é a conversação, a leitura, a dissertação ou a compreensão de outra pessoa falando inglês. A partir daí desenvolvo as aulas”, conta. O curso é dividido em três módulos: básico (três meses de duração), intermediário e avançado (seis a oito meses). Segundo Maraliz, há opções de aulas individuais ou em grupo, e todos os cursos são reconhecidos pelo MEC, com certificado de conclusão.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------
\r\nContatos com a Profa Maraliz: (22) 2533-3004 / (21) 9368-7811 * maraliz@oi.com.br

Hospedagem