Funk - uma opinião

Hoje em dia é muito comum ouvirmos pessoas criticando o funk sob a alegação de estimular a pornografia e a violência. Sabemos que algumas letras usam desses artifícios, mas sabemos também que muitos MCs com suas músicas empolgam e trazem alegria para nosso povo trabalhador e sofrido. Frente a tanta desesperança e briga pelo “ pão de cada dia ”, o Baile e o Futebol podem ser entendidos como combustível para resistir.

Falar que o funk leva a prostituição e faz a garota novinha iniciar sua vida sexual e uma balela. Não podemos responsabilizar uma letra de música. Prostituição não é uma das profissões mais antigas no mundo?

Antes do funk não existiam meninas novas iniciando vida sexual cedo e muitas engravidando?

Isso não é um raciocínio simplista e preconceituoso?

Antes de encarar esse ou aquele MC como o Grande Vilão não seria melhor olhar um pouquinho para a história da colonização e exploração contra a Terra Brasil?

Lembremos que muitos outros gêneros musicais também podem ser acusados de estimular o uso de drogas, violência e ate a prática sexual de crianças e jovens. O que causa estranheza são os refletores estarem voltados só para um lado. Não seria melhor abrir o foco e pensar porque uns são mais tolerados que os outros?

O PROJETO SOM DE TODOS LUTA PELO DIREITO DO FUNK SER RESPEITADO COMO CULTURA POPULAR E NÃO MAIS DISCRIMINADO. NÃO QUEREMOS COM ISSO QUE EM HORÁRIO NOBRE SE TENHA UM FUNK COM LETRAS QUE CONTENHAM PALAVRAS OBSCENAS, ATÉ POR QUE PODE TER CRIANÇAS SINTONIZADAS NO RÁDIO OU TV.

O PROJETO SOM DE TODOS BUSCA A UNIÃO DE MAIS E MAIS MCS, PRODUTORES E TANTOS OUTROS QUEIRAM TRABALHAR E BATALHAR PELO RECONHECIMENTO DO MAIS FORTE E AGLUTINADOR MOVIMENTO DE CULTURA POPULAR DOS ÚLTIMOS TEMPOS.

Mandem idéias e criticas. Esse Projeto é para ser construído com a sociedade.

“ Eu só quero é ser feliz
Viver tranqüilamente
Na favela em que nasci. ”

Será que exigir respeito é pedir muito?

Hospedagem