Orientação Profissional e Reorientação de Carreira

Este é um trabalho direcionado para as características das profissões com a busca da identificação pessoal por algumas delas e, uma possível viabilidade para exercê-las, em função de características pessoais favoráveis.

Para escolher é necessário verificar as várias alternativas, posicionar-se dentre elas, percebendo-as como possibilidades reais, cada uma com seus pontos positivos e negativos. Porém ter todas as alternativas não significa uma boa escolha.

O processo de escolha é uma aprendizagem que pode ser desenvolvida através de tarefas compostas de atividades e experiências que são capazes de mobilizar os recursos operativos e afetivos. O desenvolvimento da carreira se ativará a medida que o indivíduo passar por essas tarefas.

Ser ativo em relação a escolha é fundamental. Buscar informações sobre as diversas profissões, procurar conhecer a realidade do mundo do trabalho atual e empenhar-se no auto-conhecimento, transformam nossas dúvidas em um questionamento. Mas essa escolha envolve algo maior que a análise de uma atividade profissional: representa um esboço de projeto de vida.

Para Bohoslavsky, uma pessoa adquiri sua identidade ocupacional quando integra suas diferentes identificações e sabe o que quer fazer, de que modo e em que contexto.

O Processo de Orientação Profissional com enfoque psicodinâmico destina-se a todos que estejam interessados numa escolha profissional consciente baseada primeiramente no auto-conhecimento.

Objetivo:

Oferecer ao candidato um espaço formal de reflexão para elaboração, de modo mais sistemático, do seu processo de escolha, auxiliando o estabelecimento de um critério para todas as escolhas que serão feitas ao longo de sua vida profissional e/ou pessoal.

Planejamento:

Instrumento: Estratégias clínicas de Rodolfo Bohoslavsky

Sujeito:

O programa pode ser tanto administrado individualmente como em grupo. Em caso de grupos: mínimo:05 candidatos máximo:10 candidatos

Procedimento:

- Média de encontros: 10 a 12

- Duração dos encontros (em grupo): 1:30 h. (Uma hora e meia)

- Duração dos encontros (individuais): 50 minutos

Técnicas possíveis utilizadas:

Entrevistas, dinâmicas de autoconhecimento, de reflexão, técnicas plásticas (desenho, colagem), além de técnicas informativas de exploração profissional (operacionalizadas pelo uso de questionários, entrevistas, etc.), testes de aptidões e interesses e técnicas do Psicodrama.

Rosana Yentas é psicóloga clínica (CRP 05-33776). Atendimento para psicoterapia individual ou grupo, terapia de casais, orientação profissional e reorientação de carreira. É membro da SOBEPI Formação Psicanalítica (Associação Brasileira de Estudos e Pesquisa da Infância)— Botafogo e Tijuca - Rio de Janeiro/RJ — (21) 9956-5466 / 2575-7233 * ryentas@oi.com.br

Hospedagem