Fraternidade Branca: Festivais

Em cada lua cheia do ano, ocorre um grande derramamento de Luz e de Energias de Bênçãos para a Humanidade. Durante cada ano, ocorrem doze ou treze plenilúnios, o que indica doze ou treze desses festivais de Luz, cada um com uma força energética especial, que tem correspondência direta com o signo do zodíaco atuante na época.

De todos os festivais do ano, existem três que são os mais importantes: são as épocas onde a Energia da Transmutação e Iluminação é derramada com maior potência, e são as épocas em que os Trabalhadores da Luz devem se organizar em trabalhos específicos para ancorarem essas Energias. São eles:



Festival da Páscoa: lua cheia de Áries

Representa o Festival do Pai e trabalha a Energia da Ressurreição. É o Festival da Ascensão e Ressurreição do Mestre Jesus. Trabalha o Primeiro Raio: da Fé, Coragem, Firme Propósito, Vitória, Vontade, Determinação e Unidade. É o Festival do Cristo Vivo e Ressuscitado.

As Forças da Restauração: Ficam particularmente ativas durante o Festival da Páscoa. Estas Forças emanam da mente de Deus, estão unidas ao princípio da Inteligência na Natureza Divina, a qual estimula o intelecto humano. Este tipo de Energia é de natureza particularmente criadora e aporta “a Vida que dá nascimento às formas”. É uma Energia das massas, associada ao estímulo da inteligência das massas. Convida o homem a pensar, a fazer planos, a empreender ações. Desperta a mente dos homens a fim de que empreendam uma ação inteligente. A ação em si mesma depende necessariamente do tipo de mentalidade daqueles que respondem às Forças de Restauração e estará condicionada pelo ponto de evolução alcançado, a herança racial e nacional, a tradição, as reações religiosas e os demais conhecimentos. Estas Forças atualmente estão ativas em todos os países, conduzindo a uma definitiva reorganização da vida nacional. Sua finalidade é de produzir a nova Terra e todas as evidências exteriores de uma vida nova que flui.



Festival de Wesak: lua cheia de Touro

É o Festival da Iluminação de Buda. Representa o Festival do Filho na Santíssima Trindade. Trabalha a Energia da Iluminação. Ancora a Energia do Segundo Raio: Sabedoria e Consciência.

As Forças da Iluminação: São ativas na época do Festival de Wesak. Estas Forças emanam do Coração de Deus. Estão associadas à Compreensão Divina e podem alcançar e fortificar aqueles que amam e que servem a seus semelhantes. Esta Energia transmite o Segundo Princípio da Divindade: o Amor-Sabedoria, dos quais Buda e Jesus são as duas exteriorizações mais poderosas. As Forças da Iluminação introduzem a nova Educação Mundial. Tocam em primeiro lugar os grandes movimentos educativos, as correntes de pensamento em todos os países e os valores que podem se desenvolver por meio de comunicações de massas. A Imprensa, os publicitários da literatura mundial, os escritores, os comentaristas de rádio, os jornalistas e trabalhadores sociais, todos são tocados por estas Forças que vertem nas mentes dos homens. Seus efeitos não são aparentes em todos os níveis, porém estes movimentos e estas pessoas atualmente são os depositários das Energias da Iluminação. Na medida em que reconheçam as idéias novas que emergem, poderão conduzir e dirigir a Energia para influenciar as massas em todas as partes.



Festival de Asala: lua cheia de Gêmeos

Representa o Festival do Espírito Santo, na Trindade. Trabalha a ancoragem da Ascensão através da Energia do Terceiro Raio: Consciência Plena e conexão com o Fluxo e Fonte do Universo.

As Forças da Reconstrução: São ativas no Festival da Boa Vontade, que é o Festival de Cristo e da Humanidade. Estas Forças estão associadas ao aspecto Vontade da Divindade e ainda permanecem sendo as menos poderosas das três Correntes de Energia liberadas desde os Três Festivais. As Forças da Reconstrução são principalmente eficazes nas relações entre as Nações. A utilização destas Energias impessoais depende da qualidade e da natureza da Nação que as recebe, de seu grau de verdadeira Iluminação e de seu ponto de evolução. Atualmente as Nações são a expressão do egocentrismo de massa de seus Povos, de seu instinto de conservação. Em conseqüência, estas Energias podem melhorar o aspecto da vida nacional ou podem reforçar o poder dos objetivos da Unidade Mundial, da Paz e do Progresso que as Nações Unidas sustentam aos olhos dos homens, como uma verdadeira visão do Plano. Estas Energias de Síntese, construtoras, transformarão a Teoria da Unidade em uma experiência prática a fim de que a palavra “uni” adquira finalmente um real significado para todas as Nações.

Atualmente uma vontade de síntese se infiltra lentamente no interior da Assembléia das Nações Unidas sob a inspiração das Forças de Reconstrução e do Avatar da Síntese, auxiliado pelo Cristo. O novo Mundo, a cuja criação contribuem as Forças de Restauração, de Iluminação e Reconstrução, expressará a Luz, o Amor e o Conhecimento de Deus em uma revelação crescente que produzirá grandes resultados:

. O Poder será dado aos servidores encarnados da Hierarquia Espiritual da Terra, a fim de que dirijam eficaz e sabiamente o processo de Reconstrução;

. A Vontade de amar estimulará em todas as partes aos homens de boa vontade, submergindo gradualmente o ódio. A íntima necessidade de cooperar já existe nos homens e pode ser estimulada;

. A Vontade de atuar conduzirá os Povos inteligentes do Mundo a realizar as atividades suscetíveis para assentar as bases de um Novo Mundo, melhor e mais feliz;

. A Vontade de cooperar será aumentada consideravelmente. Os homens aspirarão a relações justas como uma forma natural de vida;

. A Vontade de conhecer e de pensar de uma maneira justa e criadora chegará a ser uma característica das massas. O Conhecimento é o primeiro passo para a Sabedoria;

. A Vontade de permanecer chagará a ser uma característica humana, uma sublimação do instinto de conservação. Isto conduzirá a criação nos ideais apresentados pela Hierarquia e à demonstração da Imortalidade.

A vontade de organizar desenvolverá um processo de construção que será introduzido sob a inspiração direta da Hierarquia. O meio será a poderosa Vontade do Bem do Novo Grupo de Servidores do Mundo e a resposta da Boa Vontade de toda a Espécie Humana.



Palavras de Maitreya:

Amadas Células de Minha Presença Planetária,

EU SOU vindo a fim de criar uma Força de Amor Cósmico em Ação na Terra, maior que qualquer outra força que atualmente ainda afete a consciência da Humanidade. Essa Força Cósmica de Amor penetra a Humanidade em uma Espiral de Energias geradas pelos três Festivais e dará origem à Transfiguração da Humanidade. Todos irão reconhecer suas responsabilidades pessoais para consigo mesmos e coletivamente para com a Terra.

A partir deste mês de Junho, cada Trabalhador da Luz virá individualmente a este Retiro do Equilíbrio Dourado, participando da Cerimônia Celeste na qual a Chama Trina no coração receberá um Raio Cósmico de Amor. Assim, quando estiverem no Templo do Equilíbrio Dourado, assimilando o Amor Divino, sintam que Ele transfigura seus veículos físicos, etéricos, mentais e emocionais. Todos estes Corpos têm “receptores” especificamente designados para assimilar este influxo de freqüência da Quarta Dimensão.

Irão descobrir o próprio Equilíbrio entre os Reinos da Terceira e da Quarta Dimensão – estando no mundo, mas não sendo dele! Vocês procuram por este Equilíbrio por várias encarnações.

As Cerimônias não acontecerão apenas em Meu Foco de Luz, mas também nos seus!

As atividades de suas vidas diárias tornar-se-ão as bases de suas Iniciações e aferirão de Poderes. Porque suas Vidas agora são os seus Templos, seus Retiros Crísticos pessoais, seus Focos de Ilimitada Perfeição Física e Perfeito Equilíbrio.

Breve, não haverá nenhuma separação entre o Desenvolvimento Espiritual de vocês e suas vidas diárias. Vocês são Aspectos de Deus em Ação para amar esta Terra Livre, assim como Eu e Tosos os Seres de Luz que servem com vocês. Todos nós temos um papel para fazer. Aceitem, oh! Aceitem a Identidade de seus Seres Divinos, pois Ela irá assegurar a Vitória, a Paz, e a Ascensão de vocês na permanente Luz.

EU SOU Maitreya, o

Hospedagem