Os Passos da Meditação

Ao sentar-se no silêncio, O Caminhante dá início ao seu Caminhar em seu Caminho. As costas ficam eretas e as pernas dobradas entre si formando um triângulo que bem assenta o homem à terra e liga sua cabeça aos céus.... O Caminhante imita A Montanha, o símbolo da plenitude da quietude do Mestre em sua meditação... realizando em si um triângulo de forma a simbolizar a Sagrada Tríade: O Princípio Primordial - que é o próprio Tao, O Tesouro do Espírito, O Te- que é o Conhecimento Sagrado, e o Mestre - aquele que realiza em si mesmo o Tao e o Te, O Princípio Primordial e O Tesouro do Espírito...

Sentado em seu silêncio interior absoluto, o Caminhante começa a entoar seu mantra essencial e pessoal. Mantra é palavra especial usada na prática espiritual: "man" significa "mente" e "tra" significa "liberar"; aquilo que libera a mente de suas ataduras. O mantra pessoal deve ser sempre ensinado pelo Mestre e pode ser transmitido através do mestre iluminado ou no Caminho da Iluminação inspirado pelo Mestre Imortal. São conhecimentos que passam de mestre para discípulo. Quando o discípulo está pronto, o mestre aparece....

Entoando seu mantra, o Caminhante permanece com sua mente e seus olhos interiores direcionados para o Cakra do Conhecimento que se situa num ponto energético entre as sobrancelhas....ao mesmo tempo que o Caminhante coloca sua mente na inspiração e expiração, tentando acamá-la, tornando-a cada vez mais suave, mais tranqüila, mais lenta, mais sintonizada com o ritmo do universal.



"Seja suave e constante usufruindo sem se apressar" (**)



A respiração, esse fole universal, é o Sopro Primordial, a energia primordial advinda do Absoluto, do Tao do Céu Anterior, do Mundo da Não-Manifestação, que existe em todo o universo e que nos é presenteada como uma benção a cada instante de nossa vida de encarnação, desde nossa primeira inspiração até nossa última expiração.....

O mantra que acompanha nossos passos durante as primeiras etapas da meditação, deve ser um mantra que nos traduza ao universo ao mesmo tempo que nos reproduza o som do universo instalado dentro de nós.....a cada inspiração e com a palavra correta do mantra, trazemos a energia do universo para dentro de nós...a cada expiração e com a palavra correta do mantra, devolvemos ao universo a energia que reside dentro de nós....

Leia Mais (no Vida Leve)

JANINE MILWARD trabalha há muitos e muitos anos como astróloga profissional, professora de astrologia e escritora. Fundamentalmente estruturada na Astrologia da Alma e do Auto-Conhecimento tem formação em psicanálise, mas dedicou-se bem mais à astrologia, fazendo uma bela fusão entre o conhecimento da psiquê, suas motivações, seus arquétipos e mitos * Mar de Espanha/MG * (32) 9963-0439 * janine@powermail.com.br [para acessar o indicador profissional clique sobre o nome da autora]

(**) Tao Te Ching, O Livro do Caminho e da Virtude – Lao Tsé - Capítulo 4\r\n\r\n

Hospedagem