Superalimentos

As abelhas são insetos que há milênios fascinam a humanidade por viverem numa sociedade altamente organizada e fornecerem aos homens produtos de extraordinário valor alimentício e terapêutico, como o mel, a própolis, o pólen, a cera e a geléia real.

O néctar colhido nas flores se transforma quimicamente por ação das enzimas digestivos das abelhas numa substância viscosa, perfumada e doce: o mel. Seu uso é recomendado pelos nutricionistas do mundo inteiro.

A variação da cor, do sabor e da densidade do mel ocorre em função das diversas floradas. Importante: um mel como por exemplo o ‘DE LARANJEIRA’ é assim chamado porque a maioria das flores visitadas e o néctar modificado pelas abelhas foi o de laranjeiras. Não houve adição pelo ser humano de sabor ao mel (no caso laranja). Adições acontecem no mel composto. Neste, às propriedades do mel são adicionadas as de outros elementos. Como é o caso do ‘COM POEJO E PRÓPOLIS’ que une as propriedades do mel ao qual são adicionados os extratos de poejo e de própolis. Esse é um mel indicado em casos de tosse, asma, gripe, bronquite, alergia respiratória e rouquidão.

Todo mel puro normalmente cristaliza. Esse fenômeno consiste na separação da glicose do mel com a levulose formando hidratos de glicose (forma sólida). É um fenômeno natural e que prejudica o mel. A temperatura costuma influir nesse fenômeno e existem bons méis que não cristalizam com facilidade. A não cristalização é mais comum no mel adulterado.

JUNE MENEZES tem formação em química, é apicultora e proprietária da Mania de Abelha Produtos Apícolas Artesanais – Teresópolis / RJ – (21) 2742-9888 2643-2681 * maniadeabelha@uol.com.br

Hospedagem