Emagrecendo com Valéria (2) - Estou conseguindo: o início

Quando comecei a fazer minha dieta, depois de ter feito o curso, comecei a analisar minha alimentação.

Uma das características nossas, os gordinhos (carinhosamente dizendo), é cozinhar bem e gostar de tudo, tudo mesmo! Enfim, comecei a calcular os alimentos que eram consumidos em minha casa, como eram feitos os produtos usados. Gosto muito de condimentos em minha comida ela fica ainda mais saborosa, aí, vocês já viram, quanto mais gostosa a comida mais se come. Isso não significa que não podemos comer comida de qualidade e saborosas, mas no começo essa parte é a que fica mais difícil.

Quando fui fazer a conta de quantas calorias eu ingeria em cada refeição tomei um susto, não vou nem falar, pois fiquei com vergonha de mim mesma. Com isso, eu comecei a elaborar minha dieta.

Agora entra a parte psicológica, dois fatores muito importantes impulsionam uma pessoa a fazer regime ou dieta (como vocês quiserem). Primeiro: a Saúde. Quando nosso corpo está pedindo socorro e começamos a sentir o efeito disso. Segundo: a Estética, vaidade para ser mais clara. Quando entramos em uma loja e vemos aquela roupa linda que ficaria muito bem em nós, mas que ao entrar no provador entramos em desespero e depressão. A minha surpresa, quando ela entra, fica horrível, mas pelo menos ainda está entrando. O pior é quando você pega um número e percebe que está usando dois acima e nem imagina como isso aconteceu e quando.

Essa vaidade que todos temos e devemos ter, muitas vezes chega a ser mais forte do que a saúde. Por incrível que pareça, no meu caso sempre fui vaidosa e também sempre me preocupei com a saúde, tanto que, mesmo fora do meu peso, nunca tive problemas com alterações de glicemia, triglicérides, colesterol etc..

Sempre me achei uma mulher bonita e bem resolvida comigo mesma, tanto que quando entrei em depressão não era eu, nem eu sabia explicar o que estava acontecendo. Então resolvi mudar... prá melhor.

No meu ponto de vista, a primeira coisa e ser trabalhada quando se começa uma dieta é a mente, pois é lá que está registrado tudo dos nossos maus hábitos alimentares. Exemplificando: quando estamos cozinhando, experimentamos o tempo todo para saber se a comida está no ponto, mas não apenas o necessário, é possível que o façamos duas ou três vezes a mais. Façam o teste e depois me contem.

Por ai vai, não conseguimos ficar só em um pedaço de bolo, torta, o que for. Não conseguimos nos controlar de forma alguma, por isso, no meu ponto de vista, temos que trabalhar em primeiro lugar a mente.

Levantei algumas questões em relação a comportamento. Para mim, foi difícil enxergar essas coisas também. É muito difícil para algumas pessoas admitirem certos hábitos seus. Sempre nos julgamos certos e não aceitamos crítica nenhuma.

Tudo o que escrevo aqui eu experimentei e sei muito bem que não foi fácil, mas não é impossível, vamos caminhar juntos para conquistar cada vez mas nossos objetivos, de estarmos e vivermos bem!!!!

Mais uma vez um beijo bem grande a todos. Estarei aqui novamente em breve.

Valéria é praticante de auto-ajuda e de redução de peso - vbiscaro@gmail.com -

Hospedagem